Transreal Logística

Frente Parlamentar do TRC ganha apoio de peso em Brasília

25 de abril de 2017

Frente Parlamentar do TRC ganha apoio de peso em Brasília

O Grupo Transportando Ideias (GTI), considerado o maior fórum do setor de transportes da América Latina, e que reúne representantes de mais de duas mil empresas do segmento de cargas e logística, esteve à frente de dois grandiosos eventos esta semana: uma reunião, na sede da CNT (Confederação Nacional do Transporte), em Brasília, na terça-feira, 18, para discutir alguns dos principais assuntos do transporte; e o Café Parlamentar, realizado na manhã da quarta, 19, no Senado Federal, e que marcou a consolidação da Frente Parlamentar do TRC, cujo objetivo era retomar as discussões de fomento ao setor, um dos mais impactados com a crise econômica. O Transcares, que tem sido presença constante nas mais relevantes discussões que envolvem a atividade transportadora, seja a nível local ou nacional, foi representado pelo empresário Adilson Simões, da Transilva.Log.

Encerrado o Café Parlamentar, os representantes do GTI voltaram à sede da CNT para uma nova (e importante!) agenda. Todos participaram de um Almoço Palestra que contou com a presença dos ministros Ronaldo Nogueira, do Trabalho, e Ives Gandra, do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas de MS (Setlog-MS) e um dos coordenadores do evento, Cláudio Cavol explicou que o objetivo do Café Parlamentar, que reuniu mais de 26 representantes de sindicatos e de três federações do setor, além de senadores e deputados federais, foi mostrar a mobilização da classe empresarial em busca de soluções para os problemas que afligem a categoria e para todas as mazelas que atingem a nação neste momento.

“Não podemos mais admitir que os erros do passado, que hoje comprometem o futuro do País, continuem a se perpetuar na política, na economia e a impactar na vida de todos os brasileiros”, ressaltou Cavol, que considerou a agenda desta semana um marco para o transporte de cargas e logística.

“A consolidação de nossa Frente Parlamentar (Frenlog), que estava com seus trabalhos parados, é fundamental para melhorar e organizar o setor de transportes, não apenas para que as empresas voltem a crescer, mas, sobretudo, para que o grupo atue de maneira ativa e efetiva nas mudanças que o País necessita”, defende.

Na opinião do senador José Fogaça (PMDB-RS), a articulação do GTI tem se mostrado essencial para que as demandas do transporte sejam ouvidas. “Ela é importante que possamos sentir e captar as preocupações centrais e estratégicas que envolvem o TRC nesse momento”, disse.

Entusiasmado com tudo o que viu e ouviu nos eventos de Brasília, Adilson Simões garantiu que voltou ao Estado satisfeito e esperançoso com os novos capítulos que envolvem o transporte. “É notório o acolhimento que o GTI recebe hoje dos órgãos de representatividade de nosso setor. Estou maravilhado pela oportunidade de ter participado desse movimento. Até ontem achava impossível voltar a ter tanta esperança com o futuro do transporte”, destacou ele, que também gostou bastante da palestra com o deputado Jair Bolsonaro, realizada na noite do dia 18.

Palestra com ministros

O Almoço Palestra que contou com a presença de Ronaldo Nogueira e Ives Gandra tratou sobre a Reforma Trabalhista e a necessidade da modernização da legislação para dar mais segurança jurídica às empresas sem, contudo, retirar direitos adquiridos aos trabalhadores.

“Precisamos adequar as leis que foram criadas na década de 40 e que não condizem mais com a realidade, para poder fomentar a criação de novos empregos. Se nada for feito nesse sentido, vamos ter mais empresas quebrando e mais brasileiros engrossando a fila do desemprego”, garante o presidente do Setlog-MS.

Fazendo coro com Cavol, Simões foi só elogios às palestras. “Ives Gandra fez uma exposição maravilhosa sobre a reforma trabalhista, deixando muito claro que o Brasil não pode mais sobreviver sem ela. E não diferente, Ronaldo Nogueira nos deixou bastante motivados com as propostas que serão implementadas. Voltei para casa certo de que feita a reforma, da forma justa e imparcial como está sendo proposta, o empregador no Brasil voltará a ter motivação para gerar emprego”.

Senador pelo PR-MT e empresário, Cidinho dos Santos é outro que entende a reforma trabalhista como uma das pautas mais importantes para o Brasil. “Nós, do setor produtivo, entendemos o que o Brasil precisa. Não existe empresário que queira se estabelecer, hoje, no País com a lei trabalhista da forma que ela está colocada”.

Para o presidente da Seção II do Transporte Rodoviário de Cargas da CNT e da Fetcesp (Federação das Empresas de Transporte de Carga do Estado de São Paulo), Flávio Benatti, o evento do GTI foi positivo e serviu para mostrar, principalmente a empresários que não acompanham tão de perto a rotina das entidades, que elas estão trabalhando incansavelmente pelo maior desenvolvimento e fortalecimento do setor.

“A agenda da GTI em Brasília mostrou o apoio integral das entidades oficiais ao Transportando Ideias e, sobretudo, foi um momento de aproximação entre empresários e parlamentares. Estamos vivendo um momento tão difícil, de tanta insegurança jurídica, recessão econômica, dentre outros fatores, que, muitas vezes o empresário pode ter a sensação que as entidades não estão lutando pelo setor. E lá, todos puderam ver de perto toda a articulação que está sendo realizada pelo bem do transporte”, finalizou.

Fonte: http://www.transcares.com.br/news